Você leva muitos bolos de clientes?

bolo

Sabe aquele dia em que a pessoa acorda decidida a terminar de vez o namoro, abrir um negócio e nunca mais escutar sermão da sogra? Normalmente, são em dias como esses que as pessoas agendam uma sessão experimental de coaching com você.

Aí você, que é coach, agenda a sessão dessa pessoa para daqui algumas semanas, mas quando chega a data combinada, o namorado da sua ex-futura cliente (hahaha) já comprou um buquê de flores para ela, ela decidiu que não pode abrir o negócio agora, pois precisa fazer uma reserva financeira e também já fez as pazes com a sogra querida.

O ser humano é extremamente inconstante e, para completar, a maioria das pessoas não sabe se coaching é de comer ou de passar no cabelo. Por isso, precisamos entender que é possível SIM ter uma agenda lotada de clientes, mas é bem provável que vários deles desmarquem suas sessões e fujam, não de você que é coach, mas das mudanças que eles ainda não tem certeza se desejam mesmo que aconteçam em suas vidas.

Graças a Deus somos seres em constante movimento e evolução! ;o)

Decidi escrever esse artigo para você hoje, pois mesmo tendo uma agenda lotada, na última sexta-feira, eu levei 7 bolos de clientes no mesmo dia. Dá para acreditar?

Eu costumo agendar 6 clientes por dia (3 que já me contrataram e 3 que vão fazer sessões experimentais), mas é difícil eu conseguir atender de fato todos eles. Como na última sexta-feira, foi véspera de feriado prolongado de 7 de setembro, eu já sabia que a quantidade de bolos poderia aumentar muito e foi o que aconteceu: bati meu Record – 7 bolos em um dia, deve ter sido para combinar com nome do feriado…rs

11913397_10153552800961552_118987301_n

Entenda uma diferença importante: os clientes que já contrataram você, em regra, estão comprometidos com o processo de coaching, pois já investiram em suas mudanças de vida. Eles costumam avisar com antecedência por Whatsapp, redes sociais ou e-mail que não vão poder fazer a sessão na data marcada e o mundo seria lindo se todos fossem assim. Mas, infelizmente, os clientes que agendam sessões experimentais têm o péssimo hábito de não nos avisar que desistiram de fazer a sessão.

Isso acontece por 2 principais motivos:

– Essas pessoas não te conhecem e não sabem como um processo de coaching poderá ajudá-las;

– Por limitação do próprio ser humano, quem não paga por algo, costuma não se comprometer.

Enquanto as pessoas não souberem o que é coaching, vamos continuar tendo a necessidade de oferecer essas sessões gratuitas.  Por isso, a dica que eu tenho para te dar hoje é:

Comunique-se com os seus clientes por whatsapp!

Eu já testei a comunicação por e-mail e achei pouco eficiente. É claro que você não pode importunar a pessoa, mas eu entendo que se ela agendou uma sessão de coaching e forneceu o seu número de telefone, é porque está autorizando você a entrar em contato com ela. Eu escrevo assim:

“Oiê, fulana! Aqui é a Dani Teixeira, coach de relacionamento. Tudo bem? Você agendou uma sessão de coaching no meu site. ;o) Meu próximo horário disponível será no dia x, às x horas? Fica bom para você?”

Por experiência própria, eu já notei que:

– Sábado era o dia mais lotado da minha agenda e o dia em que eu mais levava bolos, por isso não agendo mais sessões gratuitas para sábado. Só atendo clientes fechados.

– Quanto mais cedo você marcar com alguém, maior será a chance de você tomar um bolo, por isso eu também só atendo clientes fechados antes das 10h.

– O período preferido dos clientes é o noturno. Se você puder atender à noite, atenda! Se eu não fosse mãe, atenderia até 00:00. :o)

E você, costuma levar bolo dos seus clientes? Deixe seu comentário nesse artigo compartilhando sua experiência e mostre como você fez para conseguir mais efetividade nos seus agendamentos. 

Gostou do artigo? Se quiser receber dicas exclusivas sobre coaching e ferramentas para o seu blog, cadastre-se gratuitamente em minha LISTA VIP:

Botão Facebook

12 Comentários


  1. Tomo vários bolos….kkkkkk. É bem isso que vc falou elas acordam de manhã querendo mudar e transformar sua vida e seu relacionamento e quando chega a sessão o medo da mudança vem e as pessoas abandonam o barco. …É terrível está sensação. …

    Responder

    1. É desse jeitinho, Renata!
      Trabalhar com autodesenvolvimento é maravilhoso, mas tem suas dificuldades como eu qualquer outra área. Precisamos aprender a lidar com elas, mudando o que pode ser melhorado e aceitando o que não podemos mudar.
      Beijos

      Responder

  2. Muito bom seu artigo Dani! E boas dicas também, principalmente para a turma que tá começando a trabalhar como coach, que acabam se desmotivando com esses “bolos”. No entanto, em todas as áreas isso acontece, até aquelas aparentemente simples e prazerosas como aula de dança, meditação, até em reuniões de igrejas e assim por diante.
    Por outro lado existem pessoas que seguem seu trabalho, estão em todos os webnars gratuitos, curtem seus vídeos no youtube, compartilham seus artigos, comentam na sua página do facebook agradecendo pelo conteúdo gratuito. Na prática essas pessoas estão ajudando a divulgar o seu/nosso trabalho e, de repente, são essas que merecem prioridade e oportunidade. Muitos deles querem apenas ter segurança no investimento. Mas bolo é e sempre será CHATO! Só não os que a gente pode comer. Ahahahah.
    Obrigada pelo conteúdo rico!

    Responder

    1. Oi M Raiol, os comentários estavam aguardando moderação. Desativei a opção para facilitar a interação. De qualquer forma, já alterei o “boas ficas”. Abraços e obrigado pela participação.

      Responder

  3. Olá Dani, há algum modelo de mensagem que podemos enviar para o cliente após um bolo? Algo que faça ele refletir?

    Responder

    1. Olá Eric, infelizmente, não podemos ajudar quem não quer ser ajudado. Melhor não enviar nada nesse caso. Se for um cliente pago, que fica protelando as sessões, aí sim merece uma boa conversa sobre comprometimento.

      Responder

  4. Muito bom o seu artigo Dani.

    Estou captando clientes via instagram, e me comunico com eles via as mensagens privadas de lá mesmo. Essa dica do Whats é bem boa. A maioria das pessoas olha o whats umas 200x por dia, então desavisado que ela não vai ficar…

    Você recomenda enviar um lembrete da sessão algumas horas antes para evitar o bolo? Mesmo com clientes pagantes as vezes a pessoa se esquecia… agora costumo mandar umas 3 horas antes para a pessoa ter tempo de se preparar, ou pedir para remarcar. Aí pelo menos eu não me preparo para a sessão e fico plantado esperando…

    No treinamento do Geronimo Thelm, ele fala em criar uma Âncora Positiva no início da sessão, só que ele não comentou como fazer isso online… Você tem alguma dica de como fazer isso?

    Grande Abraço!!

    Alexandre Tünnermann

    Responder

    1. Oiê, Alexandre! ;o)

      Eu recomendo sim que envie uma msg por whatsapp algumas horas antes avisando sobre a sessão. É o que eu continuo fazendo.

      O exemplo de âncora positiva que o Geronimo indica para atendimentos presenciais é oferecer um bombom para o cliente ou um cafézinho.

      Gratidão pelo carinho!

      Desejo que tenha uma linda semana!

      Dani

      Responder

  5. Dani adoro você de montão viu!? Me aguarde aí na MTG em 2018. Gratidão pelo artigo, eu estava pensando em montar uma confeitaria com os bolos que ando levando das sessões experimentais.

    Um abração!!!!

    Responder

    1. hahahaha Os bolos fazem parte da nossa vida!!! ;o))))

      Gratidão pelo carinho, Carlos! Vou amar ler sua aplicação para participar da MTG! ;o)

      Responder

Deixe seu comentário...